.

.
.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

USO DO ACENTO GRAVE = FORMAÇÃO DA CRASE



Emprego da Crase

UOL - Michaelis

Crase é a fusão (ou contração) de duas vogais idênticas numa só. Em linguagem escrita, a crase é representada pelo acento grave.

Exemplo:

Vamos à cidade logo depois do almoço.
a
|
prep.
+ a
|
art.

Observe que o verbo ir requer a preposição a e o substantivo cidade pede o artigo a.

Não é somente a contração da preposição a com o artigo feminino a ou com o pronome a e o a inicial dos pronomes aquele(s), aquela(s), aquilo que passa pelo processo da crase. Outras vogais idênticas são também contraídas, visto ser a crase um processo fonológico. Exemplos:

leer -
ler
door -
dor

Ocorrência da crase

  1. Preposição a + artigos a, as:
    Fui à feira ontem.
    Paulo dedica-se às artes marciais.

OBSERVAÇÕES

  1. Quando o nome não admitir artigo, não poderá haver crase:
    Vou a Campinas amanhã.
    Estamos viajando em direção a Roma.

    No entanto, se houver um modificador do nome, haverá crase:

    Vou à Campinas das andorinhas.
    Estamos viajando em direção à Roma das Sete Colinas.
  2. Ocorre a crase somente se os nomes femininos puderem ser substituídos por nomes masculinos, que admitam ao antes deles:
    Vou à praia.
    Vou ao campo.

    As crianças foram
    à praça.
    As crianças foram ao largo.

    Portanto,
    não haverá crase em:
    Ela escreveu a redação a tinta.
    (Ela escreveu a redação a lápis.)

    Compramos a TV
    a vista.
    (Compramos a TV a prazo.)
  1. Preposição a + pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo:
    Maria referiu-se àquele cavalheiro de terno cinza.
    Depois nos dirigimos àquelas mulheres da Associação.
    Nunca me reportei àquilo que você disse.
  2. Na indicação de horas:
    João se levanta às sete horas.
    Devemos atrasar o relógio à zero hora.
    Eles chegaram à meia-noite.
  3. Antes de nomes que apresentam a palavra moda (ou maneira) implícita:
    Adoro bife à milanesa.
    Eles querem vitela à parmigiana.
    Ele vestiu-se à Fidel Castro.
    Ele cortou o cabelo à Nero.
  4. Em locuções adverbiais constituídas de substantivo feminino plural:
    Pedrinho costuma ir ao cinema às escondidas.
    Às
    vezes preferimos viajar de carro.
    Eles partiram às pressas e não deixaram o novo endereço.
  5. Em locuções prepositivas e conjuntivas constituídas de substantivo feminino:
    Eles vivem à custa do Estado.
    Estamos todos à mercê dos bandidos.
    Fica sempre mais frio à proporção que nos aproximamos do Sul.
    Sentimos medo à medida que crescia o movimento de soldados na praça.

Principais casos em que não ocorre a crase

  1. diante de substantivo masculino:
    Compramos a TV a prazo.
    Ele leva tudo a ferro e fogo.
    Por favor, façam o exercício a lápis.
  2. diante de verbo no infinitivo:
    A pobre criança ficou a chorar o dia todo.
    Quando os convidados começaram a chegar, tudo já estava pronto.
  3. diante de nome de cidade:
    Vou a Curitiba visitar uma amiga.
    Eles chegaram a Londres ontem.
  4. diante de pronome que não admite artigo (pessoal, de tratamento, demonstrativo, indefinido e relativo):
    Ele se dirigiu a ela com rudeza.
    Direi a Vossa Majestade quais são os nossos planos.
    Onde você pensa que vai a esta hora da noite?
    Devolva o livro a qualquer pessoa da biblioteca.
    Todos os dias agradeço a Deus, a quem tudo devo.
  5. diante do artigo indefinido uma:
    O policial dirigiu-se a uma senhora vestida de vermelho.
    O garoto entregou o envelope a uma funcionária da recepção.
  6. em expressões que apresentam substantivos repetidos:
    Ela ficou cara a cara com o assassino.
    Eles examinaram tudo de ponta a ponta.
  7. diante de palavras no plural, precedidas apenas de preposição:
    Nunca me junto a pessoas que falam demais.
    Eles costumam ir a reuniões do Partido Verde.
  8. diante de numerais cardinais:
    Após as enchentes, o número de vítimas chega a trezentos.
    Daqui a duas semanas estarei em férias.
  9. diante de nomes célebres e nomes de santos:
    O artigo reporta-se a Carlota Joaquina de maneira bastante desrespeitosa.
    Ela fez uma promessa a Santa Cecília.
  10. diante da palavra casa, quando esta não apresenta adjunto adnominal:
    Estava frio. Fernando havia voltado a casa para apanhar um agasalho.
    Antes de chegar a casa, o malandro limpou a mancha de batom do rosto.

  11. NOTA
    Quando a palavra casa apresentar modificador, haverá crase:
    Vou à casa de Pedro.
  12. diante da palavra Dona:
    O mensageiro entregou a encomenda a Dona Sebastiana.
    Foi só um susto. O macaco nada fez a Dona Maria Helena.
  13. diante da palavra terra, como sinônimo de terra firme:
    O capitão informou que estamos quase chegando a terra.
    Depois de dois meses de mar aberto, regressamos finalmente a terra.

Ocorrência facultativa da crase

  1. antes de nome próprio feminino:
    Entreguei o cheque à Paula. OU Entreguei o cheque a Paula.
    Paulo dedicou uma canção à Teresinha. OU Paulo dedicou uma canção a Teresinha.

  2. NOTA
    A crase não ocorre quando o falante não usa artigo antes do nome próprio feminino.
  3. antes do pronome possessivo feminino:
    Ele fez uma crítica séria à sua mãe. OU Ele fez uma crítica séria a sua mãe.
    Convidei-o a vir à minha casa. OU Convidei-o a vir a minha casa.

  4. NOTA
    A crase não ocorre quando o falante não usa artigo antes do pronome possessivo.
  5. depois da preposição até:
    Vou caminhar até à praia. OU Vou caminhar até a praia.
    Eles trabalharam até às três horas. OU Eles trabalharam até as três horas.
    Eu vou acompanhá-la até à porta do elevador. OU Eu vou acompanhá-la até a porta do elevador.

  6. NOTA
    A preposição até pode vir ou não seguida da preposição a. Quando o autor dispensar a preposição a, não haverá crase.

domingo, 28 de agosto de 2011

MAIS UM BARCO - ALCIONE



Mais Um Barco
Alcione

Meu amor, nosso amor
Naufragou no poço do egoísmo
Nosso amor caiu no abismo
Era de vidro e se quebrou
Se espalhou
Sob as pedras frias do ciúme
Como um frasco de perfume que era pouco e se acabou
Evaporou
Em um milhão de coisas pequeninas
Pouca paz muita rotina
Pouco gozo muita dor
Se transformou
Num turbilhão de falas tão mesquinhas
Falhas suas pragas minhas
Mil coisinhas e algum amor
O nosso amor
Naufragou nas águas desse rio
Nosso amor teve um desvio
No seu curso e já secou
Ou se queimou
Nos mares ardentes da paixão
No cais da desilusão
Mais um barco ancorou

VERDADES SEJAM DITAS

Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei,
nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas,
mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração?
Uma coisa é saúde outra é obsessão.
O mundo pirou, enlouqueceu.
Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião é dieta.
Fé, só na estética. Ritual é malhação.
Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo,sentimento é bobagem.
Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção.
Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação.
Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso.
A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem?
A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz,
não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem.
Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa.
Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.
Não importa o outro, o coletivo.
Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política.
Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.
Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar correr, viver muito, ter uma aparência legal mas…
Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser.
Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.
‘ Cuide bem do seu amor, seja ele quem for ‘

HERBERT VIANNA

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Roxette - From one heart to another (Legendado)



From One Heart To Another
Roxette

Running, running from one heart to another
Running, running from one heart to another
Echoes of loneliness
Traces from love affairs
Will never disappear
Always come thru.

And I thought
I'd never know
The time to see you go
Two people turned into one
Thinking as one.

A hint in the night
A touch of a dream has come to an end
We run from one heart to another again
The rose of our love withered and torn
And gone from one heart to another.

Sailing away to sea
The ships made of you and me
They pass in the darkest nights
And turn out the lights.

And I thought I'd never know
The season to sea you go
Two people twirled into one, being as one.

A hint in the night,
A touch of a dream has come to an end
We run from one heart to another again.

The rose of our love withered and torn
And gone from one heart to another.

Running, running from one heart to another.

A hint in the night
A touch of a dream has come to an end
We run from one heart to another again
The rose of our love withered and torn
And gone from one heart to another again.

A touch of a dream has come to an end
We run from one heart to another again
The rose of our love withered and torn
And gone from one heart to another again.

Running, running from one heart to another.
Running,running from one heart to another...

De Um Coração Para Outro
Correndo, correndo, de um coração para outro
Correndo, correndo, de um coração para outro
Ecos the solidão
Rastros de casos de amor
Nunca desaparecerão
Sempre se realizam.

Eu achava que
Eu nunca saberia
A hora para ver você ir,
Duas pessoas se transformam em uma,
Pensando como uma

Uma sugestão na noite,
Um toque de um sonho que veio para acabar
Nós corremos de um coração para outro novamente
A rosa do nosso amor está murcha e rasgada
E foi de um coração para outro.

Navegando para o mar,
Os barcos feitos por você e eu,
Eles passam pelas noites mais escuras
E apagam as luzes.

E eu achava que eu nunca saberia
A época para ver você ir,
Duas pessoas seguiram dentro de uma, sendo apenas uma.

Uma sugestão na noite,
Um toque de um sonho que veio para acabar
Nós corremos de um coração para outro novamente

A rosa do nosso amor está murcha e rasgada
E foi de um coração para outro.

Correndo, correndo de um coração para outro.

Uma sugestão na noite,
Um toque de um sonho que veio para acabar
Nós corremos de um coração para outro novamente
A rosa do nosso amor está murcha e rasgada
E foi de um coração para outro.

Um toque de um sonho que veio para acabar
Nós corremos de um coração para outro novamente
A rosa do nosso amor está murcha e rasgada
E foi de um coração para outro.

Correndo, correndo de um coração para outro.
Correndo, correndo de um coração para outro.

TESTE DE ANÁLISE SINTÁTICA

À frente de cada PONTO faça as devidas correspondências (TEORIA)
01.Sujeito
02.Verdadeiro
03.Sujeito simples
04.Sujeito composto
05.Sujeito oculto
06.Sujeito expresso
07.Sujeito agente
08.Sujeito paciente
09.Sujeito agente-paciente
10.Sujeito indeterminado
11.Sujeito inexistente
12.Predicado
13.Predicado verbal
14.Predicado nominal
15.Complemento verbal
16.Objeto direto = OD
17.Objeto indireto = OI
18.Verbo intransitivo
19.Núcleo do sujeito
20.VTD
21.VTI
22.VTDI
23.VI
24.VL
25.Falso

  • Constituído por apenas um sujeito
  • Constituído por mais de um sujeito
  • É conhecido como OBJETO
  • É constituído por VERBO DE LIGAÇÃO = VL
  • É o complemento do VERBO TRANSITIVO DIRETO = VTD
  • É o complemento do VERBO TRANSITIVO INDIRETO = VTI
  • É o contrário de oculto ou elíptico
  • É o que se diz do sujeito = informação/notícia
  • Ocorre com o verbo FAZER indicando situação meteorológica
  • Ocorre com o verbo FAZER indicando tempo decorrido
  • Ocorre com o verbo SER indicando TEMPO/HORA/DISTÂNCIA
  • Ocorre com verbos que indiquem fenômeno da natureza
  • Ocorre quando há PREPOSIÇÃO ligando o verbo ao complemento
  • Ocorre quando há verbo HAVER = EXISTIR/OCORRER indicando tempo passado (decorrido)
  • Ocorre quando há verbo na 3ª pessoa do plural (ELES/ELAS)
  • Ocorre quando há verbo na 3ª pessoa do singular + se (ELE/ELA)
  • Ocorre quando NÃO há PREPOSIÇÃO ligando o verbo ao complemento
  • Ocorre quando NÃO há sujeito
  • Ocorre quando não sabemos quem é o sujeito da ação
  • Ocorre quando o sujeito aparece por escrito na oração
  • Ocorre quando o sujeito pratica e sofre a ação ao mesmo tempo
  • Ocorre quando o sujeito pratica uma ação
  • Ocorre quando o sujeito sofre uma ação
  • Ocorre quando se sabe o sujeito, porém ele não está expresso por escrito
  • Palavra mais importante do termo sujeito
  • Para encontrar o sujeito da frase pergunta-se QUEM é que? ou O QUE é que? + verbo + complemento
  • Pode se dividir em: OBJETO DIRETO, OBJETO INDIRETO e OBJETO DIRETO E INDIRETO
  • Pode ser de 3 tipos: VERBAL e NOMINAL
  • Pode ser VERBO INTRANSITIVO = VI
  • Pode ser VERBO TRANSITIVO DIRETO = VTD
  • Pode ser VERBO TRANSITIVO INDIRETO = BI-TRANSITIVO = VTDI
  • Pode ser VERBO TRANSITIVO INDIRETO = VTI
  • São os verbos: SER, ESTAR, PARECER, FICAR, CONTINUAR, PERMANECER...
  • Também conhecido como oração sem sujeito
  • Também é conhecido como elíptico
  • Tem OD
  • Tem OD + OI
  • Tem OI
  • Termo da oração do qual o verbo diz algo
  • Verbo que NÃO tem ou NÃO precisa de complemento

À frente de cada seta faça as devidas correspondências (PRÁTICA)

01Núcleo do Suj.
02OD
03ODI
04OI
05Predicado nominal
06Predicado verbal
07Sujeito agente
08Sujeito agente-paciente
09Sujeito composto
10Sujeito expresso
11Sujeito indeterminado
12Sujeito inexistente
13Sujeito oculto
14Sujeito paciente
15Sujeito simples
16VI
17VL
18VTD
19VTDI
20VTI

01.Milhares de abelhas invadiram a cidade:
  • Milhares de abelhas
  • Invadiram a cidade
  • Invadiram
  • A cidade
02. Pai e filho estão bem:
  • Pai e filho
  • Estão bem
  • Estão
03.Chegamos muito cedo:
  • Há nessa frase
  • Chegamos muito cedo
  • Chegamos
04.Come-se bem na casa da mamãe:
  • Há nessa frase
  • Come-se bem na casa da mamãe
05.Mataram o presidente:
  • Há nessa frase
  • Mataram o presidente
  • Mataram
  • O presidente
06.Marta feriu-se com a agulha
  • Marta
  • Feriu-se com a agulha
07.Meire fez seus deveres de casa:
  • Meire
  • Fez seus deveres de casa
  • Fez
  • Seus deveres de casa
08.Fui para a praia bem cedinho:
  • Há nessa frase
  • Fui para a praia bem cedinho
  • Fui
  • Para a praia bem cedinho
09.Flávia vendeu o carro para Marcelo:
  • Flávia
  • Vendeu o carro para Marcelo
  • Vendeu
  • O carro
  • Para Marcelo
10.Todas as rosas morreram
  • Todas as rosas
  • Rosas
  • Morreram
11.Ninguém agüentou a pressão
  • Ninguém
  • Agüentou a pressão
  • Agüentou
  • A pressão
12.Todo mundo gosta de boa vida
  • Todo mundo
  • Gosta de boa vida
  • Gosta
  • De boa vida
13.Faz um calor tremendo
  • Há nessa frase
  • Faz um calor tremendo
  • Faz
  • Um calor tremendo
14.São cinco horas
  • Há nessa frase
  • São cinco horas
  • São
  • Cinco horas
15.É tarde
  • Há nessa frase
  • É tarde
  • É
16.Anoitece de repente
  • Há nessa frase
  • Anoitece de repente
  • Anoitece
17.Houve dez razões
  • Há nessa frase
  • Houve dez razões
  • Houve
  • Dez razões
18.Renasceu das cinzas
  • Há nessa frase
  • Renasceu das cinzas
  • Renasceu

TESTE-SE 5

  1. Adjunto adnominal

  2. Adjunto adverbial

  3. Locução adverbial DE MODO

  4. Locução adverbial DE LUGAR

  5. Locução adverbial DE TEMPO

  6. Locução adverbial DE NEGAÇÃO

  7. Locução adverbial DE DÚVIDA

  8. Locução adverbial DE INTENSIDADE

  9. Locução adverbial DE AFIRMAÇÃO

  10. Advérbio de MODO

  11. Advérbio de LUGAR

  12. Advérbio de TEMPO

  13. Advérbio de NEGAÇÃO

  14. Advérbio de DÚVIDA

  15. Advérbio de INTENSIDADE

  16. Advérbio de AFIRMAÇÃO

  17. Advérbio INTERROGATIVO

  18. APOSTO

  19. VOCATIVO



( )ACOMPANHA O(S) NOME(S)/SUBSTANTIVO(S):
( )Adjetivos
( )Artigos
( )às pressas,
( )às claras,
( )às cegas,
( )à toa,
( )à vontade,
( )às escondidas,
( )aos poucos,
( )desse jeito,
( )desse modo,
( )dessa maneira,
( )em geral,
( )frente a frente,
( )lado a lado,
( )a pé,
( )de cor,
( )em vão.
( )abaixo,
( )acima,
( )adentro,
( )adiante,
( )afora,
( )aí,
( )além,
( )ali,

( )decerto,
( )indubitavelmente.
( )sem dúvida,
( )de fato,
( )por certo,
( )com certeza.
( )onde (lugar)
( )quando (tempo),
( )como (modo),
( )por que (causa).
( )aquém,
( )atrás,
( )cá,
( )dentro,
( )embaixo,
( )externamente,
( )lá,
( )longe,
( )perto.
( )a distância,
( )à distância de,
( )de longe,
( )de perto,
( )em cima,
( )à direita,
( )à esquerda,
( )ao lado,
( )em volta.
( )afinal,
( )agora,
( )amanhã,
( )ontem,
( )breve,
( )cedo,
( )constantemente,
( )depois,
( )enfim,
( )entrementes (enquanto isso),
( )hoje,
( )imediatamente,
( )jamais,
( )nunca,
( )outrora,

( )duas ou mais palavras com valor de ADVÉRBIO = exercendo a função de um advérbio.
( )às vezes
( )às escondidas
( )Assim
( )bem,
( )mal,
( )depressa,
( )devagar,
( )melhor,
( )pior,
( )bondosamente,

( )generosamente
( )Identifica
( )é uma categoria gramatical invariável que modifica verbo, adjetivo ou outro advérbio, atribuindo-lhes uma circunstância de tempo, modo, lugar, afirmação, negação, dúvida ou
intensidade.

( )Locuções Adjetivas
( )ACOMPANHA O(S) VERBO(S), ADJETIVO(S) e ADVÉRBIO(S): (Advérbios + Locuções Adverbiais)
( )SERVE PARA Chamar a atenção
( )Explica

( )Numerais
( )Particulariza
( )primeiramente,
( )tarde,
( )provisoriamente,
( )sempre,
( )sucessivamente,
( )já.
( )às vezes,
( )à tarde,
( )à noite,
( )de manhã,
( )de repente,
( )de vez em quando,
( )de quando em quando,
( )a qualquer momento,
( )de tempos em tempos,
( )em breve,
( )hoje em dia.
( )não,
( )de modo algum,
( )de jeito nenhum,
( )de forma nenhuma.
( )acaso,
( )casualmente,
( )porventura,
( )possivelmente,
( )provavelmente,
( )talvez,
( )quiçá.
( )por certo,
( )quem sabe.
( )bastante,
( )demais,
( )mais,
( )menos,
( )muito,
( )quanto,

( )Pronomes Adjetivos
( )quão
( )quase
( )tanto
( )pouco
( )em excesso,
( )de todo,
( )de muito,
( )por completo.
( )certamente,
( )certo,
( )decididamente,
( )efetivamente,
( )realmente,
( )Resume


TESTE-SE 4

. Faça as devidas correspondências


  1. Adjetivo

  2. Substantivo


  • ) Toda palavra que serve para NOMEAR,ou seja, dar NOME a tudo o que existe (pessoa, animal, coisas/objetos e sentimentos ou sensações)

  • ) é toda palavra que serve para dar QUALIDADE ou CARACTERÍSTICA (positiva ou negativa) ao SUBSTANTIVO


2. Faça as devidas correspondências (QUANDO HOUVER!!!)


1.ARTIGO

2.SUBSTANTIVO

3.ADJETIVO

4.NUMERAL

5.PREPOSIÇÃO

6.VERBO



  • a ____

  • adorna____

  • águia____

  • ajoelhamos____

  • alma____

  • amor____

  • Ante____

  • aperfeiçoa____

  • As____

  • auréola____

  • canta____

  • Cantar____

  • capaz____

  • cérebro____

  • céu____

  • código____

  • colocada____

  • colocado____

  • começa____

  • comovem____

  • conquistar____

  • convence____

  • coração____

  • corrige____

  • crânio____

  • criaturas____

  • das____

  • de____

  • descobrimos____

  • deslumbra____

  • dominar____

  • dos____

  • é ____

  • elevada____

  • enobrece____

  • espaço____

  • está____

  • evangelho____

  • fabrica____

  • fecunda____

  • forte____

  • fronte____

  • heroísmo____

  • heroísmos____

  • homem____

  • ideais____

  • invencível____

  • lago____

  • lágrimas____

  • larva____

  • luz____

  • mais____

  • martírio____

  • martírios____

  • mulher____

  • na____

  • no____

  • nos____

  • o ____

  • oceano____

  • onde____

  • os____

  • pela ____

  • pelas____

  • pensa____

  • Pensar____

  • pérola____

  • poesia____

  • que ____

  • razão____

  • ressuscita____

  • rouxinol____

  • sacrário____

  • sonha____

  • Sonhar ____

  • sublima____

  • sublime____

  • tem____

  • templo____

  • ter ____

  • termina____

  • terra____

  • todos____

  • um ____

  • uma____

  • voa____

  • Voar____


3. No texto o homem e a mulher: faça as devidas correspondências (QUANDO HOUVER!!!)


01. substantivo abstrato

02. substantivo concreto

03. adjetivo

04. verbo


  • ÁGUIA

  • ALMA

  • AMOR

  • AURÉOLA

  • CAPAZ

  • CÉREBRO

  • CÉU

  • CÓDIGO

  • CORAÇÃO

  • CRIATURAS

  • ELEVADA

  • ESPAÇO

  • EVANGELHO

  • FABRICA

  • FECUNDA

  • FORTE

  • HEROÍSMOS

  • HOMEM

  • IDEAIS

  • INVENCÍVEL

  • LAGO

  • LÁGRIMAS

  • LARVA

  • LUZ

  • MARTÍRIOS

  • MULHER

  • OCEANO

  • PÉROLA

  • POESIA

  • RAZÃO

  • RESSUSSITA

  • ROUXINOL

  • SACRÁRIO

  • SUBLIME

  • TEMPLO

  • TERRA

  • FRONTE

  • CRÂNIO

  • ENOBRECE

  • SUBLIMA

.

.
.
Ocorreu um erro neste gadget

É O QUE TEM PRA HOJE: "POUCO PAPO E SÓ... SU-CEEEEEEES-SO!!!"



"SIGAM-ME OS BONS" - Maria Celeste Bsp | Facebook

Google+ Followers

EU SOU POLIVALENTE!

EU SOU POLIVALENTE!