.

.
.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Orações subordinadas adjetivas

Oração subordinada adjetiva é aquela que se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adnominal. As orações subordinadas adjetivas classificam-se em: explicativas e restritivas.
Explicativas: acrescentam uma informação acessória ao antecedente, sem modificar seu significado. Separam-se da oração principal por vírgulas, travessões ou parênteses. Ex.: "Os livros de Machado de Assis, que eu li, são muito bons." [Fala-se dos livros de Machado de Assis em sua totalidade. Implica-se que o falante leu todos eles.]
Restritivas: restringem o significado do antecedente. Não se separam da oração principal por vírgulas nem por travessões ou parênteses. Ex.: "Os livros de Machado de Assis que eu li são muito bons." [Fala-se apenas dos livros de Machado de Assis lidos pelo falante. Implica-se que existem outros livros de Machado de Assis além desses.]

Orações subordinadas adjetivas reduzidas

As orações subordinadas adjetivas reduzidas podem ter o verbo no infinitivo, no gerúndio ou no particípio.
Vi a menina a chorar. (Vi a menina que chorava.)
O artista, filmando nervosamente, ficou calado. (O artista, que filmava nervosamente, ficou calado.)
Li trinta e quatro livros censurados pelo governo brasileiro. (Li trinta e quatro livros que foram censurados pelo governo brasileiro.)

.

.
.
Ocorreu um erro neste gadget

É O QUE TEM PRA HOJE: "POUCO PAPO E SÓ... SU-CEEEEEEES-SO!!!"



"SIGAM-ME OS BONS" - Maria Celeste Bsp | Facebook

Google+ Followers

EU SOU POLIVALENTE!

EU SOU POLIVALENTE!